APPAC em Ponta Grossa

Associação de Preservação do Patrimônio Cultural e Natural

Biblioteca

Acesse conteúdos sobre Patrimônio Cultural e Natural

Identificação dos traços históricos do "Tropeirismo" no espaço urbano do município de Ponta Grossa - PR

O Tropeirismo foi uma atividade econômica que contribuiu para a formação de várias cidades do Paraná no século XVIII, que hoje integram o projeto turístico Rota dos Tropeiros. No espaço urbano do município de Ponta Grossa, que teve sua origem relacionada à passagem e ao pouso dos tropeiros e que, portanto, faz parte do referido projeto, não se observa com clareza a presença desta temática. Nesse sentido esta pesquisa procurou identificar os traços históricos do Tropeirismo no espaço urbano do município, através de seu patrimônio cultural material e imaterial, por meio dos acervos dos museus; do reconhecimento por parte de representantes de instituições relacionadas à preservação do Patrimônio Histórico Cultural e pela identificação desses traços no espaço urbano da cidade pela população.

Download

Patrimônio cultural em Ponta Grossa (Paraná, Brasil): articulações possíveis entre memória, história e turismo

Preservar o Patrimônio Cultural e desenvolver a atividade turística pode parecer, num primeiro momento, concepções antagônicas como foram um dia as concepções de progresso e preservação. Os discursos teóricos acerca do assunto crescem sensivelmente em busca de um ponto de equilíbrio, onde o binômio Turismo e Cultura possam conviver harmonicamente, evidenciando uma questão mais importante, que é a referência à identidade da comunidade vista como uma necessidade e não como um mero produto turístico. A ênfase deste trabalho é o Patrimônio Histórico Edificado, quer dizer, o patrimônio construído pela sociedade, por meio da acumulação de esforços, mostrando sua capacidade construtiva, através dos tempos. A busca do referencial histórico sobre os bens protegidos na cidade de Ponta Grossa encaminhou-se no sentido de buscar, as produções históricas relativas à cidade. Outro instrumento utilizado na pesquisa foram entrevistas, além da busca pelas fontes iconográficas. Constatou-se que as construções podem ser fontes novas e inesgotáveis na elaboração de uma nova concepção histórica, que está em permanente evolução. Neste contexto, o acervo do Patrimônio cultural por intermédio do patrimônio edificado, deve ser abordado além de seus valores históricos e artísticos, deve ser visto como produto da fabricação, apreendido por meio da memória do fazer. E para entender a amplitude, hoje delegada ao Patrimônio Cultural Urbano, tem-se que conhecer a cidade e a memória histórica e afetiva, selecionada por seus habitantes. Pode ser que, de posse de um novo referencial, interdisciplinando-se, o profissional em turismo, o historiador e o planejador urbano, encontrem um caminho mais efetivo nesse mundo simbólico do Patrimônio e Turismo.

Acesse

O Ferroviário como patrimônio cultural intangível

Este ensaio faz parte de estudos preliminares que tem o intuito de pesquisar o papel do trabalhador ferroviário paranaense enquanto parte integrante do acervo patrimonial ferroviário brasileiro, de forma a compreender o seu papel na representatividade simbólica que a ferrovia tem diante da sociedade. Essa participação sugere, portanto, o seu entendimento enquanto um “Patrimônio vivo da sociedade”. Para alcançar esse objetivo é necessário compreender as diferentes abordagens sobre a constituição do conceito de patrimônio cultural.

Acesse

Espaço urbano: memória social e patrimônio cultural

Uma forma de análise da organização do espaço urbano se estabelece através da relação entre o espaço, o patrimônio cultural e a memória social. O patrimônio cultural urbano aqui é considerado tanto pelo que ele representa à sociedade, como do ponto de vista da sua ocupação e da sua permanência significativa no espaço e, bem como das ações das políticas públicas relacionadas a esse patrimônio. Assim, esse ensaio propõe algumas reflexões teóricas, adequadas à Geografia Cultural, sobre a organização social do espaço urbano, considerando-se as associações entre o patrimônio cultural e a memória social.

Acesse

Powered by Katz - Soluções Web